Custo de Cyberpunk 2077 já ultrapassa os US$ 80 milhões

O jogo também pode chegar em algum momento ao PS5 e Project Scarlett

Cyberpunk 2077 já ultrapassa os US$ 80 milhões.

Cyberpunk 2077 também pode chegar em algum momento ao PS5 e Project Scarlett.

Jogos AAA comumente contam com orçamentos milionários, contudo, nem sempre estes dados chegam ao conhecimento do grande público. No caso de grandes projetos como Cyberpunk 2077, que está em desenvolvimento há aproximadamente seis anos, os números costumam ser ainda mais altos. Segundo o site TweakTown, informações divulgadas recentemente pela CD Projekt RED confirmam que seu próximo lançamento já consumiu cerca de 333 milhões de zloty (moeda polonesa), o equivalente a aproximadamente US$ 83 milhões.

Cyberpunk 2077

infográfico

“O aumento visível das despesas no trimestre vem principalmente do desenvolvimento do Cyberpunk 2077, que agora entrou em sua fase final e mais intensa. Mais especificamente, a principal razão por trás do aumento envolve despesas relacionadas à localização de Cyberpunk, especialmente a gravação de vários idiomas, além de despesas para adaptar The Witcher 3 no Nintendo Switch”, disse Piotr Nielubowicz, diretor financeiro da CD Projekt RED, em conferência com investidores.

No total, a CDPR já teria desembolsado cerca de US$ 82,91 milhões com Cyberpunk 2077, incluindo os custos com a criação de uma nova engine, tecnologia de captura de movimento, pagamento de funcionários e etc..

E os gastos não param por aí. Ainda segundo o relatório, a CD Projekt RED adquiriu o escritório onde já estava instalada e mais uma área anexa, tendo à sua disposição um megacomplexo para trabalhar no desenvolvimento de jogos.

Nova Geração !!

O documento traz pistas de que Cyberpunk 2077 pode chegar aos consoles de nova geração – PS5 e Project Scarlett – contudo, não ocorreria imediatamente em ambos. “Podemos assumir com segurança que faremos algo com os consoles da próxima geração. No entanto, não podemos ser muito específicos sobre quando exatamente isso pode acontecer”, disse o CEO da CDPR Adam Kicinski.

O relatório aborda ainda a possibilidade de algum tipo de monetização no multiplayer do jogo, que chegará após o lançamento. “Acreditamos que agora é muito cedo para compartilhar detalhes ou dar orientações. O projeto está em estágio relativamente inicial. Definitivamente, não é hora de apontar uma certa direção para isso”, disse Piotr Nielubowicz na conferência com investidores.

“Não alteremos nossa política geral em relação a acordos justos com os jogadores”, ressaltou. A declaração vai de encontro ao que o estúdio disse em 2017, quando afirmou que os jogadores não precisam se preocupar com microtransações e que deixará a ganância para “os outros”.

Afinal Cyberpunk 2077 será lançado mundialmente no dia 16 de abril para PlayStation 4, Xbox One e PC. Uma versão para Google Stadia também já foi confirmada, contudo, ainda sem data definida.




 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: