F1: “Não sei se foi azar”, diz Leclerc após erro da Ferrari no treino

Piloto monegasco não conseguiu abrir a volta na última tentativa de fazer a pole em Abu Dhabi

Piloto da Ferrari, Charles Leclerc se aproveitará de punição ao finlandês Valtteri Bottas, que trocou o motor de sua Mercedes, e largará em terceiro no GP de Abu Dhabi de Fórmula 1 neste domingo, superando novamente o companheiro alemão Sebastian Vettel, que começa a prova em quarto.

charles-leclerc-ferrari-sf90-i

Entretanto, o monegasco não tem tantos motivos para comemorar, já que sequer conseguiu disputar a pole em Yas Marina, uma vez que a escuderia italiana atrasou sua saída à pista no Q3 e o piloto não teve tempo de abrir volta rápida.

Após a classificação, Leclerc foi questionado sobre a ‘trapalhada’. “É a vida, acontece. Não sei se foi azar ou se poderíamos ter feito algo melhor, mas vamos analisar e tentar entender para que não aconteça de novo, porque foi uma pena”, respondeu.

O piloto do time de Maranello, porém, mantém o otimismo para a corrida deste domingo, na qual larga atrás do rival holandês Max Verstappen, que começa em segundo na prova noturna dos Emirados Árabes Unidos.

Questionado sobre se tentará dar o bote no oponente logo no começo da etapa deste fim de semana, Leclerc respondeu de forma taxativa: “Sim, definitivamente sim. Acho que tenho que correr alguns riscos na largada”.

“Quero terminar à frente de Max na tabela do campeonato, então vou dar tudo de mim e ver o que pode acontecer”, completou Leclerc, que soma 249 pontos, contra 260 do rival holandês na temporada 2019, a ser encerrada neste domingo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: