Foi em 3 de Dezembro de 1994 que o primeira console PlayStation chegou ao Japão e Jim Ryan.

Presidente da companhia, decidiu deixar uma mensagem a todos os fãs do PlayStation sobre as comemorações.

Ryan diz que o início foi humilde dentro da Sony e relembra como Ken Kutaragi lutou para dar vida à sua visão. Mais recentemente, a marca PlayStation tornou-se num dos principais nomes na indústria dos jogos e Ryan diz que é para continuar.

“Em 3 de Dezembro de 1994 – há 25 anos atrás nesta semana – o primeira PlayStation estreou-se globalmente no Japão. Começando de forma humilde como um projeto repentino dentro da Sony, Ken Kutaragi e a sua equipe realizaram uma visão de elevar os jogos como forma de entretenimento que todos podiam desfrutar e para criar uma plataforma para os criadores de jogos expressarem a sua criatividade.”
“O PlayStation original vendeu 100,000 unidades no dia de lançamento no Japão e tornou-se no primeira console caseira a vender mais de 100 milhões de unidades em todo o mundo.”
“Entramos em sintonia com a comunidade dos jogos pois o PlayStation oferecia experiências além daquelas que qualquer pessoa podia imaginar ser possível em um console caseiro. Desde o início, abrimos os braços aos criadores, fornecemos ferramentas e tecnologia para criar belos mundos gigantescos e para experimentar com novas ideias.”

 

“Essa abordagem originou a diversidade de jogos pela qual o PlayStation é conhecido, uma verdadeira referência da nossa marca ao longo de várias gerações de hardware.”

Ryan relembra ainda como ajudou a formar o PlayStation Europe e como teve de começar do zero, seja na contratação de funcionários e até encomendar mobília para um escritório vazio.

“Na altura, colocamos o foco em servir os mercados locais para assegurar que um jogador na Polónia se podia sentir como parte de uma maior comunidade PlayStation, tanto quanto alguém no Reino Unido, Japão ou Estados Unidos. Apoiados por apaixonados fãs em todo o mundo, o nosso negócio cresceu de forma significativa e o nosso foco na comunidade é mais importante do que nunca.”

 

“É uma honra ver os fãs que cresceram com o PlayStation a passar o seu amor por jogos às suas crianças, que agora jogam no PS4.”

 

“Em nome de todos nós no PlayStation, obrigado por seguir nesta jornada connosco. Estamos ansiosos para celebrar contigo o que virá em seguida!”

O que virá em seguida é o PlayStation 5, jogos como The Last of Us: Part II, Ghost of Tsushima e outros projetos ainda por revelar de estúdios como Insomniac Games, Sony Santa Monica, Guerrilla Games e Sony Japan.

Foi em 3 de Dezembro de 1994 que o primeira console PlayStation chegou ao Japão e Jim Ryan.

Presidente da companhia, decidiu deixar uma mensagem a todos os fãs do PlayStation sobre as comemorações.

Ryan diz que o início foi humilde dentro da Sony e relembra como Ken Kutaragi lutou para dar vida à sua visão. Mais recentemente, a marca PlayStation tornou-se num dos principais nomes na indústria dos jogos e Ryan diz que é para continuar.

“Em 3 de Dezembro de 1994 – há 25 anos atrás nesta semana – o primeira PlayStation estreou-se globalmente no Japão. Começando de forma humilde como um projeto repentino dentro da Sony, Ken Kutaragi e a sua equipe realizaram uma visão de elevar os jogos como forma de entretenimento que todos podiam desfrutar e para criar uma plataforma para os criadores de jogos expressarem a sua criatividade.”
“O PlayStation original vendeu 100,000 unidades no dia de lançamento no Japão e tornou-se no primeira console caseira a vender mais de 100 milhões de unidades em todo o mundo.”
“Entramos em sintonia com a comunidade dos jogos pois o PlayStation oferecia experiências além daquelas que qualquer pessoa podia imaginar ser possível em um console caseiro. Desde o início, abrimos os braços aos criadores, fornecemos ferramentas e tecnologia para criar belos mundos gigantescos e para experimentar com novas ideias.”

 

“Essa abordagem originou a diversidade de jogos pela qual o PlayStation é conhecido, uma verdadeira referência da nossa marca ao longo de várias gerações de hardware.”

Ryan relembra ainda como ajudou a formar o PlayStation Europe e como teve de começar do zero, seja na contratação de funcionários e até encomendar mobília para um escritório vazio.

“Na altura, colocamos o foco em servir os mercados locais para assegurar que um jogador na Polónia se podia sentir como parte de uma maior comunidade PlayStation, tanto quanto alguém no Reino Unido, Japão ou Estados Unidos. Apoiados por apaixonados fãs em todo o mundo, o nosso negócio cresceu de forma significativa e o nosso foco na comunidade é mais importante do que nunca.”

 

“É uma honra ver os fãs que cresceram com o PlayStation a passar o seu amor por jogos às suas crianças, que agora jogam no PS4.”

 

“Em nome de todos nós no PlayStation, obrigado por seguir nesta jornada connosco. Estamos ansiosos para celebrar contigo o que virá em seguida!”

O que virá em seguida é o PlayStation 5, jogos como The Last of Us: Part II, Ghost of Tsushima e outros projetos ainda por revelar de estúdios como Insomniac Games, Sony Santa Monica, Guerrilla Games e Sony Japan.

A Sony está prestes a celebrar os 25 anos de vida da marca PlayStation

Foi em 3 de Dezembro de 1994 que o primeira console PlayStation chegou ao Japão e Jim Ryan.

Presidente da companhia, decidiu deixar uma mensagem a todos os fãs do PlayStation sobre as comemorações.

Ryan diz que o início foi humilde dentro da Sony e relembra como Ken Kutaragi lutou para dar vida à sua visão. Mais recentemente, a marca PlayStation tornou-se num dos principais nomes na indústria dos jogos e Ryan diz que é para continuar.

“Em 3 de Dezembro de 1994 – há 25 anos atrás nesta semana – o primeira PlayStation estreou-se globalmente no Japão. Começando de forma humilde como um projeto repentino dentro da Sony, Ken Kutaragi e a sua equipe realizaram uma visão de elevar os jogos como forma de entretenimento que todos podiam desfrutar e para criar uma plataforma para os criadores de jogos expressarem a sua criatividade.”
“O PlayStation original vendeu 100,000 unidades no dia de lançamento no Japão e tornou-se no primeira console caseira a vender mais de 100 milhões de unidades em todo o mundo.”
“Entramos em sintonia com a comunidade dos jogos pois o PlayStation oferecia experiências além daquelas que qualquer pessoa podia imaginar ser possível em um console caseiro. Desde o início, abrimos os braços aos criadores, fornecemos ferramentas e tecnologia para criar belos mundos gigantescos e para experimentar com novas ideias.”

 

“Essa abordagem originou a diversidade de jogos pela qual o PlayStation é conhecido, uma verdadeira referência da nossa marca ao longo de várias gerações de hardware.”

Ryan relembra ainda como ajudou a formar o PlayStation Europe e como teve de começar do zero, seja na contratação de funcionários e até encomendar mobília para um escritório vazio.

“Na altura, colocamos o foco em servir os mercados locais para assegurar que um jogador na Polónia se podia sentir como parte de uma maior comunidade PlayStation, tanto quanto alguém no Reino Unido, Japão ou Estados Unidos. Apoiados por apaixonados fãs em todo o mundo, o nosso negócio cresceu de forma significativa e o nosso foco na comunidade é mais importante do que nunca.”

 

“É uma honra ver os fãs que cresceram com o PlayStation a passar o seu amor por jogos às suas crianças, que agora jogam no PS4.”

 

“Em nome de todos nós no PlayStation, obrigado por seguir nesta jornada connosco. Estamos ansiosos para celebrar contigo o que virá em seguida!”

O que virá em seguida é o PlayStation 5, jogos como The Last of Us: Part II, Ghost of Tsushima e outros projetos ainda por revelar de estúdios como Insomniac Games, Sony Santa Monica, Guerrilla Games e Sony Japan.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: