Aves de Rapina Como John Wick moldou as cenas de luta do filme da DC

Equipe e diretor da franquia de Keanu Reeves coordenaram a aventura de Arlequina – e o resultado é visível

 

Aves de Rapina é carismático e divertido, mas o destaque fica para as cenas de luta. Arlequina (Margot Robbie) e sua equipe saem na mão com capangas dos mais variados tamanhos e armamentos. A ação é sempre conduzida mostrando tanto o esforço das protagonistas em cada combate, como também os golpes e impacto em planos únicos, sem tantos cortes atrapalhando a porradaria. A técnica não é nova. Na verdade é amplamente conhecida como a identidade de John Wick. Curiosamente a franquia de Keanu Reeves tem, sim, relação com o novo longa da DC.

Não é mera coincidência. Logo do momento em que foi escalada ao projeto, a diretora Cathy Yan definiu que as lutas iriam seguir a mesma pegada que John Wick: “Era o estilo que eu queria para o filme”, conta ao CinemaBlend. “Parecia a decisão certa, já que mistura golpes práticos com certo exagero. Deixa tudo parecendo bem real mas também mostra que elas estão se divertindo. E eu gosto da forma que é gravado, não é picotado. Todo o trabalho é feito com antecedência”. Portanto, logo no início da produção, Yan contratou a 87eleven, empresa especializada em stunts de ação, com coreografias para filmes como Deadpool 2Os Mercenários e, claro, a trilogia de Keanu Reeves. O resultado é visível no produto final. Em uma cena, por exemplo, a câmera dá alguns passos para trás e registra em plano-aberto como a Arlequina combate vários inimigos simultaneamente, usando apenas voadoras, acrobacias e um taco de basebal.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: